quinta-feira, 30 de abril de 2009

Relato de um certo encontro.

"Mais do que o rio, uma impossibilidade que vinha de não sei onde detinha-me ao pensar na travessia, na outra margem".
(Milton Hatoum)

Não espere de mim a mesma perfeição de Hatoum para descrever os encantos amazônicos. Embora tenha nascido em Manaus, morei na cidade até os meus quatro meses de vida. Ao contrário do escritor Milton Hatoum, que desvendou as mais escondidas ruas e desenhou o homem do norte em seus textos, enxergo o Amazonas com os olhos da fascinação turística, com a mesma faceirice da criança que acaba de abrir o aguardado presente.
Estive em Manaus no início deste ano. O período que passei por lá aumentou ainda mais o meu interesse pela cultura de um povo que venera o rio e a floresta. Mais incrível ainda foi a experiência de estar em um barco cercado pelas águas do rio Amazonas. Impossível esconder a expectativa quando se está prestes a desvendar alguns dos tantos segredos escondidos entre as árvores gigantescas.
As descobertas vão muito além das plantas e animais exóticos. É, antes de tudo, uma oportunidade única para refletir sobre a vida e conectar as forças divinas da natureza com o divino que vive em nós.

Hatoum

Conhecer as obras de Milton Hatoum foi uma das boas surpresas da viagem. Os personagens criados pelo escritor são enriquecidos pela cuidadosa descrição psicológica. Hatoum nasceu em Manaus, em 1952, e é descendente de libaneses. Foi professor de Literatura da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e da Universidade da Califórnia, em Berkeley. Estreiou em 1989 com o livro Relato de um certo Oriente, seguido de Dois Irmãos, ambos ganhadores do Prêmio Jabuti de melhor romance e publicados em oito países. Por Cinzas do Norte recebeu seu terceiro Jabuti, além dos prêmios Bravo!, APCA e Portugal Telecom de Literatura em 2006. Seu romance mais recente é Órfãos do Eldorado, que já teve seus direitos vendidos para treze países.
Confira uma entrevista de Milton Hatoum para a revista Bravo!.


Foto:
Encontro das Águas (Larissa Campos).

2 comentários:

  1. Oi, Larissa
    ainda não conhecia seu blog! vi pelo comentário seu no blog da lais...
    gosto muito dos assuntos que você trata
    dei uma olhada em alguns, mas agora já tenho mais um lugar pra sempre visitar!
    xD

    parabens pelo blog!

    ResponderExcluir